Gestlife

Barriga de aluguer para pai solteiro

Barriga de aluguer pai solteiro

Processos de barriga de aluguer para pai solteiro


Mais de 40% dos nossos pais solteiros do sexo masculino que em algum momento das suas vidas receberam o apelo da paternidade. Para si, a gestação por substituição é a melhor forma de alcançar a paternidade, devido à impossibilidade de levar a cabo com sucesso um processo de adopção internacional. A título de conhecimento, o número de casos de gestação sub-rogada no Brasil excedeu o número de adopções internacionais nos últimos dois anos.

A gestação de substituição é uma prática que se realiza em cada vez menos países. Infelizmente, com o passar dos anos, as portas foram fechadas: NEPAL, THAILAND, CAMBODIA, LAOS, VIETNAM. Isto não significa que, nesses países, a subserviência era outrora permitida para solteiros ou casais, uma vez que em todos os países mencionados, exceto no México, não havia lei de gestação por substituição, e havia antes um "vazio legal" e a premissa constitucional de que "o que a lei não proíbe é permitido", mas nesses países não havia legislação.

Embora existam muitos países onde a gestação de substituição pode ser realizada, nem todos aceitam que casais homossexuais ou homens solteiros possam realizar o processo nesses países. Isto reduz consideravelmente a lista em comparação com os casais heterossexuais, que têm mais de 10 destinos onde podem levar a cabo o processo.


ONDE É QUE A GESTLIFE REALIZA PROCESSOS DE GESTAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO PARA SOLTEIROS?


Desde o seu nascimento, a empresa tem tido a filosofia de oferecer todos os destinos possíveis aos futuros pais.

Investigamos, visitamos, abrimos os nossos próprios escritórios com o nosso próprio pessoal (não somos intermediários), e asseguramos a qualidade dos serviços dos fornecedores envolvidos.

Desta forma, não somos obrigados a oferecer apenas um destino, (muitas "agências" têm apenas um destino que têm de defender com unhas e dentes, desencorajando o resto dos destinos, porque se não fizerem "clientes") e podemos realmente recomendar o destino mais adequado às necessidades de cada progenitor.

Obviamente, queremos que faça conosco o processo de gestação de substituição. É isso que nós fazemos. Mas uma vez decidido a trabalhar conosco, as nossas prioridades são três:

Impedi-lo de cometer erros legais que possam comprometer o seu processo.
Garantir o sucesso médico: um bebé saudável.
Reduza as suas despesas tanto quanto possível. Preferimos que poupe o seu dinheiro para o seu filho, e não para os intermediários.
Assim, não estamos hipotecados para lhe oferecer um destino, sim ou sim, porque não temos outro melhor para lhe oferecer, ao contrário de muitas das "agências".

É importante para a família que deseja realizar uma gestação de substituição compreender que existem três tipos de países onde a gestação por substituição pode ser realizada (obviamente, existe um quarto grupo, que são os países onde a gestação por substituição é proibida, dos quais não falaremos para não desperdiçar o seu tempo, uma vez que não contribuem em nada).



PAÍSES QUE TEM UMA LEGISLAÇÃO CONCRETA DE GESTAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO PARA SOLTEIROS


Estes países tem uma legislação concreta que desenvolve o direito do pai e dos país comitentes (você ou vocês) a realizar o processo de gestação de substituicao.

Estas legislações preveem que a gestante não terá direito sobre o bebê, para outorga-lo aos país comitentes. Estes países têm leis elaboradas pelos seus parlamentos, ou modificadas por sentencias de altos tribunais, como o tribunal Constitucional, permitindo a determinadas pessoas realizar o processo.

São os países onde se podem realizar o processo com todas as garantias.

PAÍSES QUE NÃO POSSUEM LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA SOBRE GESTAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO PARA SOLTEIROS


Seguindo a premissa de que aquilo que não está proibido está permitido, algumas agências, com pouco escrúpulos, oferecem destinos onde não existe legislação concreta em matéria de gestação de substituição. Sempre é fácil encontrar uma clínica que esteja disposta a realizar o processo.

Ao fim e ao cabo a parte médica não apresenta demasiados segredos para uma clínica de fertilidade. Mas uma gestação de substituição para solteiros não é somente criar um filho, senão que posteriormente haja garantia que esse filho seja vosso, e que não haverá problemas legais nem para sair do país, nem para o registro civil (filiação), bem como para estar com ele no nossos país.

E é aí, nesses países que carecem de uma lei específica de barriga de aluguer para pai solteiro, começam os problemas. Porque por não existir uma lei que anule os direitos naturais da gestante (parturiente), pois a maioria das legislações do mundo estabelecem que mãe é quem dá a luz e portanto conserva os direitos sobre o menor.

Visto de outra forma, é a mãe para todos os efeitos, e mantém intactos todos seus direitos. Por isso, se o que deseja pode impedir que o filho seja vosso, que saia do país, ou inclusive ser extorquidos pedindo somas ingentes de dinheiro. Ela é a mãe e as autoridades e seu país assim reconhecem. Não temos nada que fazer nos tribunais do seu país, se algo sucede. Por isso, evidentemente, desaconselhamos totalmente empreender processos nesses tipos de países, já que não existe garantias jurídicas para os pais comitentes, e as mais bonitas das aventuras podem converter-se no pior dos pesadelos.

Atualmente, destaca entre este tipo de países COLÔMBIA. As clínicas e agências promovem a barriga de aluguer para pai solteiro, porém não há segurança jurídica. O tratamento realizado não é o de gestação de substituição e, portanto, não estamos diante de um destino seguro.

Na Colômbia clínicas oferecem o tratamento, porém não há uma lei de gestação de substituição especifica e a gestante conserva todos os direitos sobre o bebê, o que pode se converter num sério contratempo. Ademais, o governo da Colômbia está em desacordo com a prática e grupos parlamentários trabalham para tornar a prática um delito com pena de prisão.

Finalmente, para maior informação, as clínicas de Colômbia possuem baixas taxas de êxito de gravidez, 60% inferiores à média internacional, e como oferecem programas ilimitados, os programas que parecem baratos acabam saindo muito caros devido que precisam de múltiplas transferências embrionárias (cobram por elas), incluso novas FIVs, para gerar mais embriões, num processo sem fim. Por tudo isso relatado desaconselhamos veemente seja realizado tratamento na Colômbia.

vientre de alquiler para solteros

GESTAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO NO MÉXICO

Barriga de aluguer no México para solteiros


O México está incluído nesta lista de países que não possuem legislação sobre barriga de aluguer. Apenas 3 estados regulamentam no México, e dois deles proíbem para estrangeiros. O terceiro, a proíbe a todos, independentemente da nacionalidade. Somente o estado de Tabasco, até janeiro de 2016, permitia a maternidade de aluguer a estrangeiros, até o seu fechamento nessa data.

Atualmente, algumas agências estão começando a oferecer o MÉXICO novamente, no MÉXICO DF, onde os tribunais já concederam várias gestações substitutas a estrangeiros. Embora possa ser uma opção válida, devemos saber dois fatos que devem ser levados em consideração, fatores importantes ao considerar fazê-lo no México. Consulte o seu consultor de família na Gestlife, e teremos o prazer de lhe explicar em detalhes.


PAÍSES QUE TEM UMA LEI CONCRETA DE GESTAÇAO SUBROGADA ALTRUÍSTA


Existem dois tipos de leis de barriga de aluguer para pai solteiro:

Gestação Altruísta: é aquela onde devem estar incluídos todos os gastos relacionados ao tratamento, seja com psicólogos, médicos, embriologistas, conservação de material genético, porém o qual a gestante não recebe compensação. No melhor dos casos, haverá um valor irrisório, muito baixo e insatisfatório se consideramos a dedicação ao tratamento e que ela não realizará projetos durante esse período.

Na gestação de substituição altruísta o legislador deseja evitar que a gestante obtenha vantagem financeira, se enriqueça, porém, o próprio deixou de apreciar que a gestante em realidade recebe uma indenização (compensação) e não o que é considerado como recompensa. Devemos recordar que não se trata de um trabalho. Se trata de um tratamento que possibilita uma família ter um (a) filho (a).

En determinados países la cifra oscila, desde cero, en la anterior ley de Portugal (actualmente anulada por el Tribunal constitucional del país Luso), o 20.000 dólares canadienses en Canadá. Pagar una cantidad superior a la gestante conlleva un delito castigado con penas de cárcel.

No Brasil, o CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA através da Resolução 2.168/2017 prevê que, em caso de haja causa médica que impeça ou contraindique a gestação é possível realizar o tratamento de gestação de substituição com a gestante até o quarto grau familiar. Porém, somente na modalidade altruísta, ou seja, onde todos os professionais envoltos percebem pelo trabalho existente e a gestante não é indenizada.

Nós somos completamente contra essa modalidade e sabemos, pela experiência de trabalhar em 8 países com essa matéria, que que haverá exploração. A resolução do Conselho Federal de Medicina não cumpri com a necessidade de todas as partes, pois entre provas médicas e psicológicas, tratamento hormonal, transferência embrionária e gestação transcorreram mais de 18 meses. Esse é o tempo mínimo de semelhante tratamento. Portanto, uma pessoa que se dedica a tal projeto com a finalidade de ajudar a terceiros não se enriquecerá, não terá contribuição social, não estará trabalhando. Terá que zelar pela gravidez/gestação e merece ser indenizada.

Gestação Compensatória: A legislação desses países permite que a gestante perceba uma compensação indenizatória por tudo que supõe participar de um tratamento dessa magnitude, cuja finalidade é trazer à vida um bebê para outra família.

Devido à escassez de destinos onde realizar um processo de gestação de substituicao para homens solteiros, algumas agencias alertam sobre programas que não tem garantia alguma e que estão destinados ao fracasso.


vientre de alquiler para solteros

PROGRAMAS HÍBRIDOS OU CROSSBORDER


Devido à escassez de destinos onde homens solteiros possam realizar o processo de barriga de aluguer, muitas vezes são criados programas transfronteiriços com o objetivo de oferecer uma alternativa, mas que não oferece a mesma garantia de um país onde existe legislação. Normalmente são programas que começam em um país e terminam em outro, para atender às legislações dos dois países. Não são programas ilegais, porém, como já dissemos, não oferecem as mesmas garantias jurídicas que os que são desenvolvidos em países onde existe uma lei específica sobre a barriga de aluguer.


GESTAÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO PARA SOLTEIROS NA RÚSSIA COM O NASCIMENTO DE UMA CRIANÇA NA PRAGA (REPÚBLICA CHECA)


A existência deste tipo de programas de barriga de aluguer demonstra a realidade de que os processos de barriga de aluguer podem ser realizados na Rússia para solteiros. No entanto, como já dissemos, o fim do programa ocorre num país europeu, onde não existe uma lei específica sobre a barriga de aluguer. Alguns pais recorrem a este programa caso não possam utilizar outro, ou porque o processo decorre em definitivo num país do espaço Schengen, o que permite regressar ao país de origem com alguma facilidade. Consulte o seu assessor de família na Gestlife, para ajudá-lo a comparar os programas e explicar as vantagens ou desvantagens de cada um.


GESTAÇÃO SUBROGADA PARA SOLTEIROS NO QUÊNIA


Este tipo de processo é reservado aos cidadãos quenianos e não oferece qualquer garantia aos estrangeiros. Mais uma vez, a gestante tem direitos sobre o bebê.


GESTAÇÃO SUBROGADA PARA SOLTEIROS NA RÚSSIA, COM NASCIMENTO DO BEBÊ NO CANADÁ


Diante da impossibilidade prática de encontrar mulheres grávidas no Canadá, alguma agência teve "a brilhante idéia" de realizar processos de fertilização in vitro com uma mãe russa e, uma vez grávida, enviá-la para o Canadá. pra Este sistema, que pode parecer original e prático, viola a lei canadense, uma vez que nenhuma mãe russa aceita compensação financeira por um programa de barriga de aluguer abaixo de 20.000 euros (inteiramente para ela) pela qual a lei canadense está sendo violada. pra O fato de o pagamento à gestante ser feito na Rússia não isenta o crime, já que o processo será finalmente realizado no CANADÁ onde a criança nasceria, e portanto estaríamos sujeitos às leis daquele país, e não a os da Rússia.


Barriga de aluguer para solteiros ou adoção?
Como ser mãe solteira na Espanha?

Seguindo a premissa de que o que não é proibido é permitido, algumas agências inescrupulosas oferecem destinos onde não há legislação específica sobre barriga de aluguer. Encontrar uma clínica que esteja disposta a fazer o processo é sempre fácil.

Especialistas confirmam que ternura, sensibilidade e carinho dos pais não são coisas só de mulher. É por isso que esses especialistas confirmam que os homens têm um instinto paterno semelhante ao instinto materno feminino, “Pesquisas recentes no campo da psicobiologia mostraram que os homens também possuem um instinto paterno semelhante ao instinto materno feminino. E, curiosamente, a testosterona tem muito a dizer em sua ascensão. "

https://www.muyinteresante.es/salud/articulo/iexiste-el-instinto-paternal


Como ser mãe solteira na Espanha?


As opções seriam as seguintes em ordem:

Adoção
Co-parentalidade
Barriga de aluguer



Descubra mais sobre Preços de barriga de aluguer



Na época em que vivemos, os modelos de família podem ser tão variados quanto os tipos de famílias que podem coexistir neste mundo. A família tradicional de homens e mulheres, embora seja a mais comum, cada vez mais e por diferentes razões é o modelo monoparental.

Faremos uma breve revisão de cada uma dessas opções possíveis.

Ser mãe solteira por meio do modelo de adoção

Neste caso, existem duas modalidades: a adoção nacional ou a adoção internacional é uma das alternativas para ser mãe solteira na Espanha.

A adoção é permitida a qualquer pessoa, independentemente de seu estado civil, sexo ou condição sexual. Mas existem requisitos legais estabelecidos pelo artigo 175 do nosso Código Civil, os quais são estabelecidos (por exemplo, na comunidade de Madrid eles serão: https://www.comunidad.madrid/servicios/asuntos-sociales/adopcion)

• Ter mais de vinte e cinco anos de idade. (Sendo um casal ou casado, bastará que um deles tenha atingido essa idade)
• A diferença de idade entre o adotante e o filho adotado será de no mínimo dezesseis anos e no máximo quarenta e cinco anos.
• Certificado de Adequação.
• Não ter direitos suspensos.
• Se os possíveis adotantes se oferecerem para adotar grupos de irmãos ou crianças com necessidades especiais, pode haver uma diferença de mais de 45 anos. A adoção de adulto ou menor emancipado só será possível quando, imediatamente antes da maioridade ou da emancipação, estiver em regime de acolhimento ou convivendo estável com os futuros adotantes há pelo menos um ano.


vientre de alquiler para solteros

Analisando os requisitos, quem quiser adotar o interessado em adotar terá que se dirigir aos Serviços de Proteção à Criança de sua Comunidade Autônoma e fazer o pedido para obter o certificado de idoneidade. Em seguida, a pessoa terá que passar por um curso de capacitação e será realizado um estudo psicossocial para saber se a adoção é viável. Se todas essas etapas forem concluídas com sucesso, o adotante terá que aguardar o Órgão Público em lista de espera. Este é um dos principais problemas da adoção “as longas filas de espera, embora seja verdade que o tempo médio de espera varia consoante o país. A adoção internacional é muito mais complicada para um único homem. Nesse caso, os critérios são estabelecidos pelos países e vetam a maioria dos solteiros.


Ser um pai solteiro pelo modelo de fraternidade


A co-parentalidade consiste num acordo entre duas ou mais pessoas que decidem ter um filho juntas sem serem um casal. A co-parentalidade pode ser concebida como uma doação de esperma por meio da qual o doador de esperma desempenha um determinado papel na criação do bebê, previamente definido pelas pessoas envolvidas.

A mulher que vai dar à luz "Ela é a mãe" e as autoridades do seu país a reconhecem. Mas se o pai ela não o reconhece. Não temos nada a fazer nos tribunais de seu país, se algo acontecer.

A legislação espanhola sobre a co-parentalidade não é regulamentada por lei. A lei reconhece no máximo dois pais legais, independentemente de se tratar de um casal ou solteiro.

O acordo de co-parentalidade entre as duas partes não tem valor jurídico, (é o que dizem nos sites dessas agências de contato https://www.co-padres.net/, então os juízes podem até considerá-lo uma barriga de aluguer em nosso país e isso acarreta 6 anos de prisão.

Por esta razão, obviamente, desaconselhamos a realização de processos neste tipo de na Espanha, uma vez que não há garantias legais para os pais, pode se tornar o pior dos pesadelos.

vientre de alquiler para solteros


Ser pai solteiro através do modelo de barriga de aluguer para homens solteiros é a melhor opção


Barriga de aluguer é a melhor opção para se tornar uma mãe solteira. Sem depender de outras pessoas. Você provavelmente já percorreu um caminho longo, tortuoso e cansativo (e caro) para ser pai, que tem sido atormentado por falhas indesejáveis, possíveis adoções fracassadas. É por isso que não há espaço para mais decepções.

A vantagem da barriga de aluguer, que costuma ser a última ou única solução para se tornar um verdadeiro pai, já que não pode haver mais erros ou falhas, é a de não ter listas de espera, sem idoneidade, sem aquelas coisas que um estado exige ou com leis ou problemas pouco claros.

Por isso é de vital importância saber com quem vamos trilhar o caminho para realizar nosso sonho. Se nos escolher, na GestLife realizamos programas em todos os países estrangeiros onde a barriga de aluguer é legal, e as garantias necessárias são oferecidas e temos os meios necessários para garantir o sucesso nesta viagem emocionante que vamos realizar.

Por isso, antes de mais nada, antes de começar a explicar tudo o que nossos programas oferecem, é conveniente que nos conheça um pouco melhor.

Quer mais alguma informação?

Te ajudamos sem compromisso






A paternidade mudou nossas vidas. Houve um antes e um depois. E o depois foi muito melhor. Assim que sem dúvida começamos há anos essa jornada de fazer real o irreal, possível o impossível. Hoje somos mais de 150 profissionais em 7 países.


Redes sociais